Inovação em Engenharia Hospitalar 

      

 

Capacete em formato em bolha de uso individual, impermeável, de conexões respiratórias, que permite uma zona de controle de ar e oxigênio.  

                         Como Funciona ? 

 

04 válvulas estanques de acesso para instalação de conexões de entrada e saída do fluxo de ar, sonda de alimentação e acesso venoso.   

válvulas compatíveis com padrão hospitalar de filtros e traquéias.   

Acesso Rápido Emergencial que permite acesso interno imediato ao paciente em segundos. Este acesso é fundamental pois o paciente estará com sonda de alimentação e acesso venoso, o que dificultaria a retirada imediata da BRIC.    

05 Ilhoses para utilização de alças que permitam maior estabilidade e conforto ao paciente.    

Sistema de vedação 100% estanque exclusivo para o pescoço, construído em Latex e outros polímeros.

Dimensões :

350mm

380mm

350mm

Outras informações:

Invólucro de filme plástico transparente UV, antibactericida, e antifúngico.

Vedação hermética – Estanque.

 

04 Válvulas de conexão de acesso.

 

Válvula de acesso bidirecional de fácil acesso e utilidade emergencial.

 

Suporte cervical que colabora para estanqueidade.

Protege e previne a equipe multidisciplinar da saúde e pacientes com risco de contaminação. 

Permite a oferta de oxigênio variando de 21% a 100% associado ao auxílio pressórico de acordo com a necessidade clínica.

Estudos conduzidos pela Universidade de Chicago comprovam que a utilização de um aparelho VNI, pode reduzir em 20% a necessidade de intubação em pacientes com COVID-19.¹

Estudos conduzidos na Itália indicaram que pacientes com SARS minimizaram necessidade de intubação em 54% utilizando método de Ventilação Não Invasiva.²

Inexistência de efeito aerosol.

Compatível para ventiladores de VNI.

Pode ser utilizado em ambientes intra-hospitalar.

Evita úlceras causadas por máscaras faciais.

Fácil remoção e melhor tolerado por pacientes.

Em caso de emergência é possível acessar o paciente através da escotilha de acesso emergencial.

Permite ao paciente uma interação satisfatória com o ambiente, possibilitando a utilização celulares e tablets. 

Sistema estanque, confortável minimizando lesões cutâneas.

Pode ser aplicado em qualquer paciente, independentemente de contorno facial, edentulismo ou trauma facial.

Pacientes com pelos faciais não apresentam contra indicação, e não há existência de escape de ar que gere efeito aerosol. 

Menor interferência com a fala. 

¹Patel, Bhakti. Effect of Noninvasive Ventilation Delivered by Helmet vs Face Mask on the Rate of Endotracheal Intubation in Patients With Acute Respiratory Distress Syndrome: A Randomized Clinical Trial

²Antonelli, A.”A Multiple center survey on the use in clinical practice of NIV as a first-line intervention for acute respiratory distress syndrome”. Crit Care Med.35(1): 18-25

Rua Doutor Alfredo de Castro, 200 - São Paulo - SP - Brasil 

  • LinkedIn ícone social